Antes de falarmos sobre recomendações gerais de atividade física é importante entendermos a sua importância para a saúde.

O sedentarismo é um dos principais fatores de risco para doenças cardiovasculares e sua prevalência tem aumentado muito no mundo inteiro. Estima-se que hoje 70% da população brasileira seja sedentária, prevalência muito maior do que a de outros fatores de risco como hipertensão arterial, diabetes e tabagismo.

Os benefícios da atividade física são sentidos no organismo inteiro e incluem melhora da força muscular, fortalecimento dos ossos e articulações, ajudando a controlar a dor por diversas causas, como artrose e fibromialgia. Melhora da auto-estima, redução do estresse, além de ajudar no controle de diversas doenças, como diabetes e colesterol.

Qual a freqüência e intensidade de exercício físico necessária?

Para conseguirmos os benefícios da atividade física não é necessário sermos atletas, mesmo os exercícios simples fazem muito bem à saúde. Por exemplo, evidências mostram benefícios importantes com a prática de caminhada por 30 minutos 5 vezes por semana, mas para orientações especificas sobre a atividade física mais indicada em cada caso é necessário uma avaliação médica. A seguir comentarei sobre questões específicas.